sexta-feira, 28 de março de 2014

SEMEAR O AMOR...
Tocar o coração
Ensinar a sabedoria

Há muito tempo atrás....
"Um semeador saiu a semear a sua semente. Ora, ao passo que semeava, parte dela caiu à beira da estrada e foi pisada, e as aves do céu a comeram. Outra caiu sobre a rocha, e, depois de brotar, secou-se, porque não tinha umidade. Outra caiu entre os espinhos, e os espinhos que cresceram juntos com ela a sufocaram. Outra caiu em solo bom, e, depois de brotar, produziu fruto cem vezes mais. Ao dizer-lhes estas coisas, passou a clamar: "Escute aquele que tem ouvidos para escutar."
Lucas 8:5-8
Semeadores de histórias são uma espécie de guardiões. Guardam consigo sonhos e esperanças, pois são portadores de boas novas de coisas boas. Através dessas sementes de amor, de empatia, de generosidade, de bondade é que se cria uma ponte entre as experiências humanas universais e nosso próprio coração; então elas germinam, nascem, crescem e cumprem com seu ciclo de vida.
Mesmo diante dos desafios de uma sociedade voltada para o consumo, a tarefa de fazer o bem enraíza-se e toma a forma que lhe cabe, que é a de espalhar boas notícias a quem tem ouvidos.
Então essa ponte, mesmo difícil de ser construída, torna-se possível diante da nobre tarefa de manter viva a sensibilidade no coração de todos os homens. De manter acesa a chama da alegria. De reconhecer a verdade de Deus e do bem.
Semear o AMOR, enfim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário